Sobre 50 tons de cinza

Eu li a trilogia dos 50 tons e, sim, eu gostei!

Gostei mesmo, gostei da parte sexual, gostei do romance. Sei que muita gente acha machista, acha baixo até, porém eu gostei. E aceito qualquer crítica sobre a história desde que quem esteja falando mal, tenha lido.

Eu achei o 50 tons de cinza com partes meio chatas, toda a negociação do contrato e etc, mas, pra mim, o 50 tons mais escuros achou a harmonia entre o romance e o sexo. Afinal, apesar de ele ser sadomasiquista, por ela não ser, são apenas tendências, todas negociadas e consentidas e não vejo nada demais nisso. Uma mulher optou por aquilo, não se humilhou, nem nada assim, na minha opinião. Também não vejo como algo machista, uma mulher que se sujeitou a tudo por um homem rico! Não!! Ela mudou Christian Grey. Não o contrário. O 50 tons de esperança passou a ser um romance comum, com a única diferença de que nesse “viveram felizes para sempre”, eles fizeram isso e também trasavam. Algum mal nisso?

Pois é, com todas essas minhas opiniões, eu queria muito ver o filme. Admito que era uma história muito difícil de transformar em filme. Porém, ao meu ver, a transformação foi desastrosa.

A começar pelo elenco: Christian Grey não era sexy, não era intimidador, não era apaixonante. Ele sequer era expressivo. A Kate, gente, ela tava se formando. Aquela atriz parecia bem mais velha para ser a colega de quarto da Ana. O José, por favor, colocassem um latino mais sexy. Mia e Elliot, alguém esqueceu de contar que eles deviam ser lindos?

Gostei do Taylor e um salva de palmas pra Dakota interpretando a Ana e sendo a única coisa boa do filme.

Continuando minha chuva de críticas: cadê o sexo? O filme teve menos sexo que a novela das 21. E as cenas que tiveram não eram nada tórridas. Quando eu achava que ia esquentar, mudava a cena. Senti falta de ver a Mrs, Robbinson. E acho que se era pra contar a história desse jeito que fizessem toda a trilogia em um só filme. Tudo ficou muito superficial. O romance, as famílias, nada foi explicado..As marcas do Christian, porque ele ficou assim. Nossa, senti falta de muita coisa.

Como eu já disse, admito que era muito difícil adaptar essa história, mas na minha visão, não conseguiram fazer isso de uma forma que atraísse.

Em resumo: Gosto da trilogia, detestei o filme.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s