Resenha: Sem Esperança (Losing Hope)

Eu li “Um Caso Perdido, de Colleen Hoover e adorei! (Resenha aqui) Então, quando eu soube que tinha saído o livro “Sem Esperança”, que é o primeiro livro na visão do Holder, logo eu quis muito ler.

SEM_ESPERANCA_1428197781425121SK1428197781B

E eu gostei muito do livro. Logicamente, boa parte da história eu já sabia por causa da visão da Sky, mas foi muito bacana ver por outro ângulo.

Primeiro porque eu conheci melhor a Less, irmã do Holder, que cometeu suicídio, e pude ver o quanto ele realmente sentiu. Confundia, as vezes, a história com a Laurel, do “Carta de Amor aos Mortos”, acho que pelo amor aos irmãos, que eles não entenderam porque os deixaram.

Também a amizade dele, com o amigo gay da Sky, ficou mais claro…Ah também gostei de saber que a mãe dele e a Less sabiam de tudo, o que ele só descobriu no final do livro…Foi uma leitura muito boa de se fazer. E eu recomendo, muito!

Destaco aqui dois trechinhos pra vocês:

“[…]E sei que fez o seu melhor por Less, mãe.Espero que saiba disso também. Você fez tudo que podia, mas às vezes nem todo amor materno e fraterno do mundo é suficiente para tirar alguém do pesadelo que vive. Precisamos apenas aceitar que as coisas são como são, e nem toda a culpa e arrependimento do mundo vão mudar isso.”

“Eu poderia listar todas as coisas a seu respeito de que sinto falta e ficar sentindo pena de mim mesmo novamente. Mas, no último ano, aprendi o que realmente significa sentir a fala de alguém. Para sentir a falta de alguém, essa pessoa primeiramente precisa ter tido o privilégio de ter esse alguém em sua vida. E, por mais que dezessete anos não apreçam tempo suficiente ao seu lado, ainda são dezessete anos a mais que eu tive em comparação às pessoas que nem a conheceram. Então, pensando assim…tenho muita sorte. Sou o irmão mais sortudo do mundo. Agora vou viver minha vida, Les. Uma vida que realmente tenho vontade de viver, e nunca achei que ia ser capaz de dizer isso. Mas, ao mesmo tempo, eu realmente achava qe eu nunca mais teria esperança na vida, mas agora eu a encontro todos os dias. E as vezes eu a vojo à noite também…no Skype. Amo você”

Bom pessoal, é um livro lindo, de amor fraterno, mais do que qualquer outra coisa. É o Holder se salvando de si mesmo e de todas as suas culpas, reencontrando a Esperança, em todos os sentidos!

Boa leitura!

Beijos